Detalhes do Documento

Relacionamentos com crianças com hiperatividade: um estudo em contexto de sala de aula inclusa

Autor(es): Rei, Mª Céu Barata Fernandes

Data: 2012

Identificador Persistente: http://hdl.handle.net/10174/14946

Origem: Repositório Científico da Universidade de Évora

Assunto(s): Inclusão; PHDA; Relacionamento professor-aluno; Relacionamento entre pares; Inclusion; PHDA; Teacher-Student relationship; Peer relationship


Descrição

A presente investigação pretende ser um contributo para o estudo da inclusão de crianças com hiperactividade (PHDA), através da compreensão dos relacionamentos que se estabelecem em contexto de sala de aula inclusiva. Assim, pretendemos conhecer as percepções que professores e alunos têm acerca do relacionamento que mantêm com a criança com hiperatividade. Participaram no estudo 260 alunos do 1.º ciclo do Ensino Básico, com idades compreendidas entre os 6 e os 12 anos, dos quais 16 tinham PHDA. Fizeram também parte deste estudo, 14 professores titulares de turma dos respetivos alunos e 8 professores de Educação Especial que acompanham as crianças com PHDA. Os instrumentos utilizados consistiram na aplicação de um teste sociométrico aos alunos e de um questionário (Escala de Relacionamento Professor-aluno – STRS: Pianta 2001) composto por 28 itens aos professores. Os resultados obtidos com a aplicação dos instrumentos evidenciaram diferenças significativas, quer na representação que o professor do ensino regular tem do seu relacionamento com a criança com PHDA, quer na percepção que o grupo de pares tem do seu relacuinamento com estas, verificando-se que existiam diferenças significativas ao nível das escolhas (preferências e/ou rejeição); ABSTRACT: The research aims to be a contribution for the study of the inclusion of children with hyperactivity (PHDA), through the understanding of the relationships that are established in the contexts of an inclusive classroom. Therefore, we want to know more precisely the representations that teachers and students have about the relationship they have with the child with hyperactivity. The individuals analyzed in this research were 260 children attending primary school, aged from 6 to 12, 16 of them suffering from PHDA. In this study, the 14 teachers of the students concerned in this investigation and 8 teachers of special education were also considered. The instruments used were a sociometric test given to the participating students and a quiz (Student-Teacher Relationship Scale – STRS: Pianta 2001) with 28 questions answered by the teachers. The results obtained with the application of the instruments showed significant differences either in the representation of the relationship that teachers from regular education system have with the children suffering from PHDA, or the perception that the peer group has on its relationship with them, observing that there were significant differences in terms of options (preference and/or rejection).

Tipo de Documento Dissertação de mestrado
Idioma Português
Contribuidor(es) Santos, Graça; Cardoso, Paulo Miguel da Silva
facebook logo  linkedin logo  twitter logo 
mendeley logo

Documentos Relacionados

Não existem documentos relacionados.