Detalhes do Documento

Impacto dos Investimentos em Sistemas e Tecnologias de Informação na Performance Financeira da Empresa: Uma Abordagem pela 'Stakeholder Theory'

Autor(es): Guerreiro, António

Data: 2010

Identificador Persistente: http://hdl.handle.net/10174/4287

Origem: Repositório Científico da Universidade de Évora

Assunto(s): Investimentos em SI/TI; Impactos; Performance Financeira; Orientação para os Stakeholders


Descrição

O presente trabalho procura responder a uma questão central colocada no campo do ‘IS business value’: Será que os investimentos em SI/TI têm um impacto positivo na performance financeira das empresas? Este tipo de investimentos são encarados como tendo um enorme impacto potencial na posição competitiva das empresas, no seu desempenho, exigindo contudo uma participação activa e motivada de vários grupos de stakeholders. A investigação actual conduzida no domínio dos Sistemas de Informação, relacionando os investimentos em SI/TI com o desempenho alcançado por essas mesmas empresas, vem usando a ‘Transaction Costs Theory’ e a ‘Resource Based Theory’ para tentar explicar e compreender aquela relação. No entanto nenhuma delas consegue levar em consideração a importância do ‘Stakeholder Management’, como variável moderadora naquela relação. A ‘Stakeholder Theory’ (ST) vê a empresa como o centro de uma teia de relações com diversos grupos de stakeholders, os quais estão na essência equidistantes da mesma, residindo a sua sobrevivência e a continuada lucratividade, na sua habilidade em responder positivamente aos seus desígnios económicos e sociais, os quais são criar e distribuir riqueza suficiente para assegurar a continuidade de cada grupo primário de stakeholders como parte integrante daquela constelação. Na sua versão instrumental a ST tem como hipótese central a premissa de que as empresas que prestam atenção aos ‘stakes’ dos diversos grupos de stakeholders, e não apenas dos accionistas (teoria clássica), tenderão a obter níveis superiores de performance financeira. Com esta premissa em mente, o objectivo desta investigação será o de discutir e testar o uso da “Stakeholder Theory” no campo dos Sistemas de Informação, mais especificamente no domínio do “IS business value”, tendo em vista a obtenção de uma melhor compreensão do fenómeno em estudo – o impacto que os investimentos em SI/TI poderão apresentar sobre a performance financeira empresarial. O ponto central deste trabalho, reside na argumentação de que para a obtenção dos impactos esperados com a implementação de um investimento em SI/TI, as empresas carecem de um forte comprometimento dos diversos grupos de stakeholders, o que nos leva à necessidade de um modelo de governação com ‘orientação para os stakeholders’, por oposição à orientação tradicional apenas na figura dos accionistas. Quando a performance financeira é mensurada através da rendibilidade do activo (ROA), rendibilidade dos investimentos (ROI) e rendibilidade das vendas (ROS), os resultados demonstram que a “stakeholder orientation” apresenta um impacto positivo na relação entre SI/TI e performance financeira, usando uma amostra de grandes empresas portuguesas para os anos de 2003 e 2004.

Tipo de Documento Tese de doutoramento
Idioma Português
Contribuidor(es) Serrano, António
facebook logo  linkedin logo  twitter logo 
mendeley logo

Documentos Relacionados