Detalhes do Documento

Cuidar em parceria da pessoa idosa dependente: um estudo de caso com cuidadores formais e cuidadores familiares em contexto de apoio domiciliário

Autor(es): Ferreira, Eunice Sofia Dos Santos

Data: 2017

Identificador Persistente: http://hdl.handle.net/10400.8/2652

Origem: IC-online

Assunto(s): Parceria; Cuidadores formais; Cuidadores familiares; Pessoas idosas; Domínio/Área Científica::Ciências Médicas::Ciências da Saúde; Domínio/Área Científica::Ciências Médicas::Ciências da Saúde; Domínio/Área Científica::Ciências Médicas::Ciências da Saúde


Descrição

Hoje vive-se muitos anos. No entanto, este ganho está associado a reais desafios ao nível da prestação de cuidados e das situações de dependência que atingem particularmente as pessoas idosas. Face a esta dependência, a família continua a atuar na primeira linha, prestando os cuidados de que a pessoa necessita, apesar das transformações socioeconómicas que foram ocorrendo. Todavia, muitos cuidadores familiares recorrem a apoios formais, em particular ao Serviço de Apoio Domiciliário, não para se desresponsabilizarem do cuidar, mas para receberem auxílio e partilharem essa tarefa. Assim, pretende-se, com este estudo, descrever como se efetua a parceira entre cuidadores familiares e cuidadores formais no que concerne à prestação de cuidados à pessoa idosa dependente em contexto de apoio domiciliário. Para isso, privilegiou-se uma metodologia qualitativa e a recolha de dados através de entrevistas realizadas a 8 cuidadores formais e 5 cuidadores familiares que se cruzam no apoio domiciliário desenvolvido por uma instituição do concelho de Salvaterra de Magos, sendo o seu conteúdo posteriormente analisado seguindo os princípios da análise de conteúdo. Os resultados indicam que a parceria entre cuidadores familiares e ajudantes de ação direta caracteriza-se por uma relação de ajuda informal, proximidade e amizade. Estas revelam-se como um veículo de transmissão de mensagens entre cuidadores familiares e restantes cuidadores formais; a parceria entre estes últimos carece de uma relação de proximidade e continuidade; a parceria é valorizada, sendo reconhecida a sua importância nos domínios da saúde e prevenção, da aquisição de competências para cuidar, do crescimento e realização profissional.

Tipo de Documento Dissertação de mestrado
Idioma Português
Orientador(es) Pimentel, Luísa Maria Gaspar; Lobão, Catarina Alexandre Rodrigues Faria
Contribuidor(es) Ferreira, Eunice Sofia Dos Santos
facebook logo  linkedin logo  twitter logo 
mendeley logo

Documentos Relacionados

Não existem documentos relacionados.