Detalhes do Documento

Análise custo-efectividade dos novos anticoagulantes orais

Autor(es): Ferreira, João Pedro Rosa

Data: 2014

Identificador Persistente: http://hdl.handle.net/10437/4711

Origem: ReCiL - Repositório Científico Lusófona

Assunto(s): FARMACOLOGIA; MEDICAMENTOS; ANTICOAGULANTES; DABIGATRANO; RIVAROXABANO; APIXABANO; PHARMACOLOGY; DRUGS; ANTICOAGULANTS; DABIGATRAN; RIVAROXABAN; APIXABAN; MESTRADO INTEGRADO EM CIÊNCIAS FARMACÊUTICAS; ANÁLISE DE CUSTO-EFETIVIDADE; COST-EFFECTIVENESS ANALYSIS; CIÊNCIAS FARMACÊUTICAS; PHARMACEUTICAL SCIENCES


Descrição

Os novos anticoagulantes orais são opções emergentes para a prevenção e tratamento das doenças tromboembólicas. São cada vez mais usados na prática clínica pela facilidade do seu uso e pelos seus benefícios clínicos mas a sua utilização mais generalizada carece de demonstração de custo efetividade. O objectivo consistiu na realização de uma revisão sistemática dos estudos de custo-efetividade dos novos anticoagulantes orais, dabigatrano, rivaroxabano e apixabano, em todas as suas indicações clínicas e descrever os resultados principais. Foi realizada uma revisão sistemática da literatura nas bases de dados Pubmed, Embase, Scopus, Cochrane e Web of Knowledge, para identificar todos os estudos de custo-efetividade dos novos anticoagulantes orais em todas as suas indicações clínicas. A pesquisa selecionou 42 estudos, 15 relacionados com a tromboprofilaxia na artroplastia total da anca ou na artroplastia total do joelho e 27 na prevenção do acidente vascular cerebral na fibrilhação auricular. Não foram identificados estudos para as indicações de tratamento e prevenção secundária do tromboembolismo venoso ou para a prevenção secundária após síndromes coronários agudos. Os resultados principais incluíram os rácios custo-efetividade incremental por anos de vida ajustados pela qualidade, comparações com o limite pré-fixado à disponibilidade a pagar e análises de sensibilidade que revelaram custo-efetividade ou dominância dos novos anticoagulantes orais. A presente revisão sistemática demonstra que os novos anticoagulantes orais são custo-efetivos para a tromboprofilaxia em cirurgia ortopédica major e para a prevenção do acidente vascular cerebral na fibrilhação auricular.

Novel oral anticoagulants are emerging options for the prevention and treatment of thromboembolic diseases. They are increasingly used in clinical practice due to simplicity of use and clinical benefits but an important step is to evaluate their cost-effectiveness. We aimed to perform a systematic review of cost-effectiveness studies of novel oral anticoagulants, dabigatran, rivaroxaban and apixaban, in all their clinical indications and describe key findings. A systematic review of the literature was conducted searching Pubmed, Embase, Scopus, Cochrane and Web of Knowledge databases to identify all cost-effectiveness studies of novel oral anticoagulants in all their clinical indications. The research selected 42 studies, 15 related to thromboprophylaxis in total hip arthroplasty or total knee arthroplasty and 27 to stroke prevention in non-valvular atrial fibrillation. No studies were identified for the indications of treatment and secondary prevention of venous thromboembolism or for the secondary prevention after acute coronary syndromes. Key findings included incremental cost-effectiveness ratios per quality-adjusted life-years, comparisons with appropriate willingness-to-pay thresholds and sensitivity analysis that revealed cost-effectiveness or dominance for the novel oral anticoagulants. This present systematic review demonstrates that novel oral anticoagulants are cost-effective for the thromboprophylaxis in major orthopedic surgery and for stroke prevention in atrial fibrillation.

Orientação: Ana Mirco

Tipo de Documento Dissertação de mestrado
Idioma Português
Contribuidor(es) Mirco, Ana, orient.
facebook logo  linkedin logo  twitter logo 
mendeley logo