Detalhes do Documento

Gestão comparada: a validade do modelo cultural globe na predicção de comportamentos medidos pelo leadership practices inventory

Autor(es): Teodósio, João Paulo Correia

Data: 2014

Identificador Persistente: http://hdl.handle.net/10071/8658

Origem: Repositório do ISCTE-IUL

Assunto(s): GLOBE; Liderança; Cultura; Liderança intercultural; LPI; Leadership; Culture; Cross-cultural leadership


Descrição

Objectivo: O objectivo desta investigação é testar a validade do modelo cultural Global Leadership and Organizational Behavior Effectiveness (GLOBE) apresentado por House et al. (2004) na predicção de práticas/comportamentos de gestão, medidos pelo Leadership Practices Inventory (LPI) apresentado por Kouzes e Posner (2003). Metodologia: Nesta investigação foi utilizada uma abordagem quantitativa. Os dados foram recolhidos de 1628 mestrandos na área da gestão, pertencentes a 54 Instituições de Ensino Superior em 14 países. Foi utilizada a Análise Factorial Confirmatória Mutigrupos (MGCFA) para validar o questionário LPI. Para a análise das Hipóteses foram utilizados testes de correlação e de comparação de médias. Resultados: Os resultados da investigação suportam a corrente científica que defende que a Liderança Transformacional é simultâneamente um fenómeno universal e culturalmente contingente. A investigação propõe a utilização do LPI numa versão mais reduzida em estudos com grandes amostras de países. A nova versão foi designada por LPI Transformado. Foi encontrada evidência empírica de que as dimensões culturais Colectivismo de Grupo, Assertividade e Orientação para as Relações são um importante factor explicativo da variabilidade de comportamentos medidos pelos factores Inspirar uma Visão Partilhada, Encorajar o Coração e Promover a Actuação dos Outros. A investigação demonstra que a capacidade preditiva de comportamentos de gestão medidos pelo LPI Transformado aumenta significativamente se se proceder a uma reorganização das “Bandas” culturais nas 4 dimensões culturais em estudo. A investigação revela também que o modelo de Clusters Culturais é um bom instrumento para prever a variabilidade de comportamentos de gestão entre diferentes países. Implicações para a comunidade científica: A investigação promove a validação parcial do modelo cultural GLOBE na predicção de comportamentos de gestão medidos pelo LPI Transformado e sugere novas linhas de investigação intercultural baseadas na reorganização das “Bandas” culturais proposta, e no modelo original de Clusters Culturais.Originalidade: Esta investigação pretende colmatar uma falha na literatura relacionada com a validação externa do modelo cultural GLOBE e apresenta informação sobre países que normalmente não são objecto de análise por parte da comunidade científica. É igualmente um dos maiores estudos de sempre a utilizar o modelo cultural GLOBE na predicção de comportamentos/práticas de gestão medidos pelo LPI.

Purpose: The aim of this investigation is to study the validity of the Global Leadership and Organizational Behavior Effectiveness (GLOBE) cultural model presented by House et al. (2004) in the prediction of leadership practices, measured by the Leadership Practices Inventory (LPI) created by Kouzes and Posner (2003). Design/methodology/approach: In this investigation we selected a quantitative approach. The data was collected from 1628 master students in the management area, from 54 Universitary Institutions in fourteen countries. We conducted Multigroup Confirmatory Factor Analysis to validade the LPI questionnaire and to analyse the results of the Hypotheses we used correlation and comparison of means tests. Findings: The results of our study support the scientific perspective that transformational leadership is both a universal and a culturally contingent phenomenon. This research proposes the use of a shorter version of LPI questionnaire in multy-country studies. This new version was designated by Transformed LPI. We found empirical evidence that In-Group Collectivism, Assertiveness and Uncertainty Avoidance are important contextual moderator factors for Encourage the Heart, Inspire a Shared Vision and Enable Others to Act leadership practices. Our study indicates that a reorganization of GLOBE’s Bands in the four cultural dimensions investigated increase the ability of the model to predict leadership practices. The Cultural Clusters are also a good tool for researchers to predict similarities and differences among countries. Practical Implications: This study provides evidence for a partial external validation of GLOBE model to predict leadership practices and suggests new lines for cross-cultural research based on the proposed reorganization of Cultutal “Bands” and the original model of Cultural Clusters. Originality/Value: This investigation tries to fulfill a gap in the literature related to the validation of GLOBE´s cultural model and provides information about countries that normally do not appear in the literature. It is also one of the biggest studies using GLOBE’s cultural model to predict leadership practices measured by the Leadership Practices Inventory.

Classificações JEL: M12, M54

Tipo de Documento Tese de doutoramento
Idioma Português
Orientador(es) Robalo, António da Silva
Contribuidor(es) Teodósio, João Paulo Correia
facebook logo  linkedin logo  twitter logo 
mendeley logo