Detalhes do Documento

Práticas de gestão no agir do assistente social : uma análise exploratória

Autor(es): Ribeiro, Ana Cristina Noronha

Data: 2011

Identificador Persistente: http://hdl.handle.net/10400.14/12010

Origem: Veritati - Repositório Institucional da Universidade Católica Portuguesa

Assunto(s): Terceiro sector; Gestão social e serviço social; Third sector; Social work and social management


Descrição

A transição de uma sociedade industrial, para uma sociedade de risco, trouxe consigo alterações para a sociedade em geral e, em particular, para os sistemas de protecção social. Esta reconfiguração faz com que o Terceiro Sector surja como uma área de extrema relevância, considerados os desafios que lhe são colocados para a melhoria da qualidade e eficiência na gestão das organizações e programas sociais que o compõem. É exactamente neste aspecto que é relevante a compreensão da actuação dos profissionais de Serviço Social nestas Instituições. Na actualidade, a Gestão Social coloca desafios ao Serviço Social. Assume-se como uma preocupação ao assistirmos ao desenvolvimento deste tema e ao crescente número de publicações e seu protagonismo. Tem sido objecto de debate em muitos fóruns profissionais nos últimos anos em muitos países. Contudo, este desenvolvimento não é claro no nosso país e é neste sentido que questionamos se não será a chave para a formação dos profissionais, que vêem o seu futuro profissional orientado nesta direcção, ou mesmo qual a relação entre a prática profissional do assistente social e a Gestão Social, num contexto das IPSS? Baseando-nos nas perspectivas apresentadas na revisão da literatura, examinamos as funções de Gestão Social – planeamento, organização, direcção e controlo. Através de um design de investigação – tipo cross section –, levado a cabo através de um questionário a um grupo de assistentes sociais/directores técnicos de IPSS no Concelho de Braga, foi possível concluirmos uma predominância destas práticas, no agir do assistente social.

The transition from an industrial society to a risk society brought about changes to society in general and to social protection systems in particular. This reconfiguration has made the Third Sector emerge as an area of extreme importance, considering the challenges it has had to face and continues to face in improving the quality and efficiency in the management of social organizations and programs that comprise it. It is precisely this aspect that is relevant to understanding the actions and activity of professional social work in these institutions. Currently, social management challenges social work. It stands as a concern to watch the development of this theme and the growing number of publications and their role. It has been discussed in many professional forums in recent years in many countries. However, this development is not clear in our country and it is this sense that we question whether it is key to the training of professionals in this field. We ask what is the relationship between the professional practices of social workers and social management in the context of the IPSS? Based on the perspectives presented in the literature review, we examine the functions of social management - planning, organizing, directing, and controlling. Using a crosssectional design, we administered a questionnaire to a group of social technical directors of IPSS in the municipality of Braga and found evidence of these practices.

Tipo de Documento Dissertação de mestrado
Idioma Português
Orientador(es) Mendes, Sílvia Maria
Contribuidor(es) Ribeiro, Ana Cristina Noronha
facebook logo  linkedin logo  twitter logo 
mendeley logo

Documentos Relacionados

Não existem documentos relacionados.