Detalhes do Documento

Implantes cocleares : artigo de revisão

Autor(es): Nascimento, Margarida Leitão do, 1992-

Data: 2016

Identificador Persistente: http://hdl.handle.net/10451/29007

Origem: Repositório da Universidade de Lisboa

Assunto(s): Prótese neural; Prótese auditiva; Implante coclear; Perda de audição; Surdez; Domínio/Área Científica::Ciências Médicas; Domínio/Área Científica::Ciências Médicas; Domínio/Área Científica::Ciências Médicas


Descrição

A surdez é a deficiência sensorial mais comum na população humana, afectando o desenvolvimento social do indivíduo com esta patologia. Os implantes cocleares são aparelhos electrónicos que estimulam os elementos neuronais remanescentes no ouvido interno do doente com perda de audição severa a profunda, deste modo fornecendo alguma sensação auditiva. A presente revisão bibliográfica não sistemática pretende compreender os constituintes e modo de funcionamento dos implantes, as suas indicações actuais, bem como as técnicas cirúrgicas utilizadas e possíveis complicações que possam advir das mesmas. Foi realizada uma pesquisa no PubMed utilizando os termos neural prosthesis, auditory prosthesis, cochlear implant, hearing impairment/loss e deafness, separadamente e combinados, limitada a artigos publicados em língua inglesa entre os anos 2000 e 2015. Numa segunda fase, foi alargada a pesquisa bibliográfica tendo em conta algumas referências mais relevantes dos artigos encontrados. Os implantes cocleares têm uma longa história cheia de inovações que resultaram num dispositivo seguro e eficaz, com taxas de complicações muito baixas. Estes são aparelhos semi-implantáveis, tendo alguns constituintes externos, e estão indicados para pessoas a partir dos 12 meses com perda de audição neurossensorial severa a profunda bilateral. Recentemente têm surgido estudos referentes à implantação coclear bilateral e à implantação coclear na perda de audição unilateral. Como tecnologia futura promissora estão os implantes cocleares totalmente implantáveis, a chamada invisible hearing.

Deafness is the most common sensory impairment in the human population, affecting the social development of the individual with this pathology. Cochlear implants are electronic devices that stimulate the neural elements remaining in the inner ear of the patient with severe-to-profound hearing loss, thus providing some auditory sensation. This non-systematic literature review seeks to understand the components of implants and how they work, the current indications as well the surgical techniques used and possible complications that may arise. A research on PubMed using the neural prosthesis, auditory prosthesis, cochlear implant, hearing impairment/loss and deafness terms, separately and combined, was made, limited to articles published in english between 2000 and 2015. In a second phase, the bibliographical research was extended taking into account some important references of the articles found. Cochlear implants have a long history full of innovations that have resulted in a safe and effective device, with very low complication rates. These are semiimplantable devices, with some external components, and are indicated for people from age one with bilateral severe-to-profound sensorineural hearing loss. Recently there have been studies regarding bilateral cochlear implantation and cochlear implantation for unilateral hearing loss. As future promising technology there are fully implantable cochlear implants (TICI), also called invisible hearing.

Trabalho Final do Curso de Mestrado Integrado em Medicina, Faculdade de Medicina, Universidade de Lisboa, 2016

Tipo de Documento Dissertação de mestrado
Idioma Português
Orientador(es) Simão, Marco; Dias, Óscar
Contribuidor(es) Nascimento, Margarida Leitão do, 1992-
facebook logo  linkedin logo  twitter logo 
mendeley logo

Documentos Relacionados

Não existem documentos relacionados.