Detalhes do Documento

Intervenção pedagógica, específica e diferenciada, nas crianças com dislexia das E. B. 1 do Concelho de Matosinhos.

Autor(es): Vieira, Maria Celeste

Data: 2010

Identificador Persistente: http://hdl.handle.net/11328/149

Origem: Repositório da Universidade Portucalense

Assunto(s): TME


Descrição

Transformar uma criança disléxica, derrotada pelas dificuldades específicas na aprendizagem da leitura e da escrita, numa criança motivada e brilhante, é hoje possível graças à descoberta, da investigação, de um défice fonológico comum a estas crianças e à possibilidade daí decorrente de intervenções eficazes, baseadas em elementos essenciais, que se pretendem o mais precoces possível. Este trabalho tem como objectivo o conhecimento da existência de programas de intervenção adequados ao perfil desenvolvimental das crianças das E. B. 1 do concelho de Matosinhos. Para tal, utilizamos como instrumento de recolha de dados o inquérito e conjugamos metodologias quantitativas com metodologias qualitativas. Para concretizar este estudo recolhemos informações dos professores a realizar intervenção às crianças com diagnóstico de dislexia, em todas as E. B. 1 públicas e privadas do concelho, com questões sobre a caracterização do docente e do aluno; processo de referenciação e avaliação; processo de intervenção e colaboração da família. Os resultados indicam que os elementos que baseiam a intervenção pedagógica específica e diferenciada das crianças em estudo não são os necessários; sugerem que os modelos seguidos nessa intervenção diferenciada, de um modo geral, estão desactualizados; que os professores, responsáveis pela reeducação destas crianças, na sua maioria, não estão seguros do trabalho que levam a cabo com elas mas apontam, significativamente, para a existência de programas de intervenção que recorrem a um trabalho de cooperação entre a escola e a família. Discutimos os resultados à luz do que a literatura actual e mais consensual nos apresenta sobre esta temática e, dada a importância de uma intervenção comprovadamente eficaz, que permita às crianças com dislexia vencer as suas dificuldades, concluimos com sugestões que passam, nomedamente, pela intervenção precoce, formação de professores e intercâmbio com as equipas que lideram a investigação dos modelos de processamento fonológico.

Tipo de Documento Dissertação de mestrado
Idioma Português
Contribuidor(es) Vieira, Maria Celeste
facebook logo  linkedin logo  twitter logo 
mendeley logo