Detalhes do Documento

Espectáculo e espectador: que fronteiras?

Autor(es): Silva, Sofia Quintino de Avelar Pires da

Data: 2014

Identificador Persistente: http://hdl.handle.net/10362/14978

Origem: Repositório Institucional da UNL

Assunto(s): Teatro O Bando; Espectador; Experiência; Teatro; Emancipação; Spectator; Emancipation; Theater; Experience


Descrição

O Teatro O Bando é uma companhia de teatro portuguesa com quarenta anos de existência, reconhecida pelas suas criações em espaços não convencionais e pelo seu carácter transgressor como modo de participação cívica e comunitária. O presente relatório é resultado do estágio curricular integrado no mestrado de Artes Cénicas, que ocorreu durante um período de três meses e meio, de Outubro de 2013 a Janeiro de 2014, nessa companhia. Trata-se de uma reflexão teórica focada na relação entre o espectáculo e o espectador, e apoia-se fundamentalmente na observação participativa e na experiência de trabalho proporcionada nesse período. O espectador sempre foi visto como uma figura passiva dentro da teoria teatral e é tentativa de compreender de que formas as companhias actuais realçam ou não sua emancipação que me motivou à realização deste trabalho. A partir do acompanhamento de diversas actividades e, principalmente, da programação de espectáculos em vigor na companhia – Vale de Barris: Lugar de Espectáculo – procura-se, então, neste ensaio, perceber de que forma ou formas é possível aproximar o público e o teatro, acreditando nessa aproximação como algo capaz de fomentar um paradigma de participação no teatro.

Tipo de Documento Dissertação de mestrado
Idioma Português
Contribuidor(es) Silva, Sofia Quintino de Avelar Pires da
facebook logo  linkedin logo  twitter logo 
mendeley logo

Documentos Relacionados

Não existem documentos relacionados.