Detalhes do Documento

A Cirurgia de Ambulatório do ponto de vista dos médicos e enfermeiros do Centro Hospitalar Cova da Beira

Autor(es): Quintal, Vanessa Isabel Gonçalves

Data: 2014

Identificador Persistente: http://hdl.handle.net/10400.6/5021

Origem: uBibliorum

Assunto(s): Centro Hospitalar Cova da Beira; Cirurgia de Ambulatório; Cirurgia de Dia; Satisfação dos Enfermeiros; Satisfação dos Médicos; Domínio/Área Científica::Ciências Médicas::Ciências da Saúde; Domínio/Área Científica::Ciências Médicas::Ciências da Saúde; Domínio/Área Científica::Ciências Médicas::Ciências da Saúde


Descrição

Introdução: A cirurgia de ambulatório cresceu exponencialmente em todo o mundo, nos últimos anos, estimulada pelo desenvolvimento de técnicas cirúrgicas não invasivas e anestésicos de ação mais curta. Em muitos países representa mais de metade dos utentes intervencionados em cirurgia eletiva. Portugal, em 2012, atingiu esses valores. Contudo, o Centro Hospitalar Cova da Beira (CHCB) não acompanhou tal evolução. Uma vez que esta é entendida, globalmente, por médicos e enfermeiros, como muito vantajosa quando comparada com a cirurgia convencional é crucial identificar constrangimentos à prática e propor estratégias que promovam o seu desenvolvimento. Objetivo: Averiguar a perceção dos médicos e enfermeiros do CHCB relativamente à cirurgia de ambulatório, no que respeita ao grau de adesão, à informação, às objeções/constrangimentos e à satisfação. Materiais e métodos: Estudo transversal observacional destinado aos médicos e enfermeiros do CHCB. A recolha de dados fez-se mediante aplicação de questionário e a análise estatística baseou-se em intervalos de confiança. Resultados: Dos inquiridos, 96,2% concordam com a prática da cirurgia de ambulatório. A possibilidade de melhor gerir as camas dos hospitais faz com que a cirurgia de ambulatório seja considerada mais vantajosa para o Serviço Nacional de Saúde (SNS) do que para o doente, por 70,1% dos participantes. No CHCB, a maioria dos médicos e enfermeiros considera haver poucas desvantagens da cirurgia de ambulatório relativamente à convencional. E, 95,8% dos profissionais consideraram que os utentes estão satisfeitos com os resultados alcançados através do recurso a este regime cirúrgico. Conclusão: A satisfação dos utentes face à cirurgia de ambulatório é considerada muito favorável pela maioria dos inquiridos. Para os médicos e enfermeiros do CHCB, as maiores vantagens da cirurgia de ambulatório são de índole organizativa, mais concretamente ao nível da eficiência dos serviços e gestão hospitalar. Para promover a prática da cirurgia de ambulatório, os participantes enfatizaram que, é importante melhorar a informação divulgada e o acesso dos intervencionados ao hospital caso surjam complicações decorrentes da intervenção.

Introduction: The ambulatory surgery has been increasing exponentially all over the world lately, stimulated by the development of non-elusion surgical techniques and anesthetics that have a shorter effect. In many countries it represents more than half of the patients who have had this surgery. Portugal, in 2012, reached those values. However CHCB didn't keep up with this evolution. Since this is seen, globally, by doctors and nurses as one of the most advantageous, when compared to conventional surgery, it is crucial to identify constraints to its practice and suggest strategies that can promote its development. Aim of the study: Enquire/Verify the perception of doctors and nurses of CHCB as far as ambulatory surgery is concerned, as well as the level of adhesion, information, objections/ constraints and satisfaction. Methodology: Observe transversal study destined to doctors and nurses of CHCB. The picking of data was done by the introduction of a questionnaire and the statistical analysis was based on confidence breaks. Results: Among the respondents, 96,2% agree with the practice of ambulatory surgery. The possibility of managing better the equipment implies that this surgery brings more advantages to the SNS rather than to the patient in 70,1% of the participants. At the CHCB the majority of doctors and nurses consider that there are few disadvantages concerning conventional surgery. And 95,8% of the professionals think that patients are satisfied with the results achieved through this surgical method. Conclusion: The satisfaction of the patients concerning ambulatory surgery is seen as a favorable method by most of the respondents. For doctors and nurses of CHCB the greatest advantages of this method have to do with organization, more specifically, efficiency of the services and hospital management. To promote the practice of ambulatory surgery, the participants emphasized that it is important to improve the kind of information as well as the access of patients to the hospital if there are any complications due to this surgery.

Tipo de Documento Dissertação de mestrado
Idioma Português
Orientador(es) Almeida, Anabela Antunes de; Garra, João
Contribuidor(es) Quintal, Vanessa Isabel Gonçalves
facebook logo  linkedin logo  twitter logo 
mendeley logo

Documentos Relacionados

Não existem documentos relacionados.