Detalhes do Documento

Micro e pequenas empresas em Portugal : criação de emprego e nível tecnológico

Autor(es): Dias, António Furtado Ferro

Data: 2011

Identificador Persistente: http://hdl.handle.net/10400.5/10148

Origem: Repositório da UTL

Assunto(s): Micro empresas; Pequenas e Médias Empresas; Procura de Trabalho; Portugal; Dados Empregador-Trabalhador; Quadros de Pessoal; Gazelas; Micro enterprises; Small and Medium Enterprises; Labor Demand; Linked Employer- Employee Data; Tables of Personnel; Gazelles


Descrição

O principal objectivo deste trabalho é analisar o papel das Micro e Pequenas Empresas (empresas com menos de 50 trabalhadores) na criação de emprego e o contributo para o nível tecnológico português. Usando como base de dados principal os micro dados dos Quadros de Pessoal (QP) do Ministério do Trabalho e da Segurança Social (MTSS) e efectuando a ligação entre os ficheiros das empresas (em 2007, 352 991 empresas) e o ficheiro dos trabalhadores (em 2007, 2 848 902 trabalhadores) e construindo um painel de empresas para o período em análise (2006-2007; N=302 288), procedeu-se à caracterização e análise do papel das Micro e Pequenas Empresas (MPE) em Portugal. Mereceram particular atenção as empresas Gazelles segundo a classificação de Birch (1981) e da OCDE (2007). Os principais resultados da investigação são: (i) as MPE têm um peso bastante importante na economia portuguesa, representando 60% do emprego e 90% do número total das empresas; (ii) nos últimos anos a importância do emprego das Micro e Pequenas Empresas tem aumentado; (iii) adoptando diferentes critérios de definição das empresas Gazelles, os resultados obtidos para as respectivas características convergem com os encontrados na literatura empírica neste domínio: as empresas Gazelles são geralmente mais jovens e mais inovadoras; (iv) as MPE apresentam um nível tecnológico menor do que as médias e grandes empresas; e (vi) os factores que afectam o crescimento do emprego nas Gazelle, Mice e Elephants são diferentes, destacando-se nas Gazelle o crescimento das vendas.

The main objective of this research is to analyze the role of the Micro and Small Enterprises (enterprises up to 50 workers) in the creation of employment and the contribution for the technological level in Portugal. Using as the main database the microdata Tables of Personnel - Quadros de Pessoal (QP) published by Ministério do Trabalho e Segurança Social (MTSS) and matching the files of the firms (352,991 firms in 2007) and the files of the employees (2,848,902 workers in 2007) and building a panel of firms for the period of analysis (2006-2007; N=302 288 firms) we proceeded with the characterization and analysis of the role of the Micro an Small Enterprises (MSE) in Portugal. Particular attention is given to “Gazelle” Enterprises according to the classification of Birch (1981) and OCDE (2007). The main research results are: (i) MSE have an important role in the Portuguese economy, representing 60% of employment and 90% of the total number of companies; (ii) in recent years the importance of job creation in Micro and Small Firms have increased; (iii) adopting different criteria for defining the "Gazelles" Firms, the results converge to the results found in empirical literature: Gazelles Firms are younger and more innovative; (iv) MPE are below the technological level of medium and large companies; and (vi) the factors that affect job’s growth in Gazelle, Mice and Elephants are different, being sales growth the dominant explanation in Gazelles.

Mestrado em Finanças

Tipo de Documento Dissertação de mestrado
Idioma Português
Contribuidor(es) Dias, António Furtado Ferro
facebook logo  linkedin logo  twitter logo 
mendeley logo

Documentos Relacionados

Não existem documentos relacionados.