Detalhes do Documento

Efeito da administração de colostro fresco ou de colostro descongelado em vitelos

Autor(es): Gonçalves, Pedro Tiago Ribeiro

Data: 2016

Identificador Persistente: http://hdl.handle.net/10400.5/12751

Origem: Repositório da UTL

Assunto(s): Vitelos; diarreia neonatal; vacinação; colostro descongelado; colostro fresco; Calves; scours; vaccination; thawed colostrum; fresh colostrum


Descrição

O bom maneio do colostro é um factor crucial na sanidade dos bovinos recém-nascidos, podendo ter consequências a curto, médio e longo-prazo. Uma das consequências derivadas do mau maneio do colostro é a ocorrência de diarreias neonatais. Este trabalho teve como objectivo estudar a relação entre a administração de colostro descongelado ou fresco e a prevalência de diarreia neonatal numa exploração leiteira no concelho de Idanha-a-Nova. Este estudo teve em conta a existência de um plano profilático contra a diarreia neonatal, sendo neste caso a vacinação das vacas gestantes com Lactovac C®, comparando posteriormente a existência de relação entre a prevalência de diarreia neonatal e a administração de colostro imunizado/não imunizado. Este estudo comportou 49 animais divididos em quatro grupos. Nos dois primeiros grupos foram colocados os animais que receberam colostro não imunizado (Grupo1 - colostro descongelado; Grupo2 - colostro fresco) e nos dois últimos foram colocados os animais que receberam colostro imunizado (Grupo3 - colostro descongelado; Grupo4 - colostro fresco). Os animais foram admitidos ao estudo apenas quando o colostro administrado obtivesse o estatuto de boa qualidade após avaliação com colostrómetro. Em todos os indivíduos foram medidos os valores de proteína total sérica através de refractómetro óptico, observando-se, para o limite de 5,5g/dL, a passagem bem–sucedida de imunidade em 100% dos animais. Os resultados obtidos no que diz respeito à eficácia da vacinação, demonstram diferença estatística quanto à ocorrência de diarreia nos grupos em estudo, quer em colostros descongelados (Grupo1/Grupo3 - p=0,046), quer em colostros frescos (Grupo2/Grupo4 - p=0,002). Já no que diz respeito à diferença entre os grupos que receberam colostro descongelado e os que receberam colostro fresco, observa-se a não existência de diferença na prevalência de diarreia quer entre os grupos que receberam colostro imunizado (Grupo3/Grupo4 - p=0,055), quer entre os grupos que receberam colostro não imunizado (Grupo1/Grupo2 - p=1), observando-se no entanto uma forte tendência para a diminuição de diarreia em animais administrados com colostro fresco imunizado. Realizou-se a identificação dos agentes responsáveis das diarreias observadas nos grupos imunizados, chegando-se à conclusão que, dos agentes pesquisados (Escherichia coli, Cryptosporidium parvum, Rotavirus e Coronavirus), o único presente foi Cryptosporidium parvum, sugerindo a efectividade da vacinação.

ABSTRACT - The effect of fresh or thawed colostrum administration in calves - Proper colostrum management is an important feature in newborn health and can have consequences in the short, medium and long-term. Scours in calves is one of the consequences derived from the poor colostrum management. This work was committed to study the relation between thawed or fresh colostrum and scours prevalence in a dairy farm in the municipality of Idanha-a-Nova. This study took into account the existence, or not, of a prophylactic plan against scours, which in this case was the vaccination of pregnant cows with Lactovac C®, comparing subsequently the existence of a relation between scours prevalence and immunized/not-immunized colostrum administration. The study included 49 animals divided by four groups. The animals which received not-immunized colostrum were placed in the first two groups (Group1 - thawed colostrum; Group2 - fresh colostrum), and the animals that received immunized colostrum were placed in the last two (Group3 - thawed colostrum; Group4 - fresh colostrum). Animals were only admitted to the study if they were fed good quality colostrum, measured by colostrometer. Every animal serum total proteins were measured by refractometer, proving that, for a 5,5g/dL threshold, 100% of the animals had a well-successful passive transfer. The results obtained as to the vaccine efficacy demonstrated a statistical difference, both in thawed (Group1/Group3 – p=0,046), and fresh colostrum (Group2/Group4 – p=0,002). In what concerns the difference between thawed and fresh colostrum groups, we observed no statistical difference between the immunized colostrum groups (Group3/Group4 – p=0,055), or in the not immunized colostrum groups (Group1/Group2 – p=1), noting however a strong downward trend of diarrhea in animals administered with fresh immunized colostrum. Scour agents (Escherichia coli, Cryptosporidium parvum, Rotavirus and Coronavirus) were searched in the immunized groups but only Cryptosporidium parvum was detected, suggesting vaccination effectiveness.

Dissertação de Mestrado Integrado em Medicina Veterinária

Tipo de Documento Dissertação de mestrado
Idioma Português
Orientador(es) Lopes, António Álvaro Dias; Stilwell, George Thomas
Contribuidor(es) Gonçalves, Pedro Tiago Ribeiro
facebook logo  linkedin logo  twitter logo 
mendeley logo

Documentos Relacionados

Não existem documentos relacionados.