Detalhes do Documento

Os media como atores políticos na crise brasileira de 2016: Sua influência sobre a eclosão da crise, movimentos pró impeachment e opinião pública

Autor(es): Alves, Raissa Jordão

Data: 2018

Identificador Persistente: http://hdl.handle.net/10400.5/15234

Origem: Repositório da UTL

Assunto(s): Agenda-setting; Agenda-building; Impeachment; Agenda mediática; Agenda política; Opinião pública; Agenda-setting; Agenda-building; Impeachment; Media agenda; Policy agenda; Public opinion


Descrição

Esta dissertação analisa e discute a atuação dos media como atores políticos diante do impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff, em 2016, no Brasil. Concretamente, propõe-se a compreender a influência mediática sobre a eclosão da crise, movimentos pró impeachment e opinião pública. Neste contexto, além da pesquisa bibliográfica, foram utilizadas técnicas de pesquisa quanti e qualitativas. Foi aplicado o inquérito por questionário com objetivo de compreender melhor a opinião pública e a análise de conteúdo, com o propósito de perceber a formação da agenda mediática, circunscreveu 154 capas de revista, 154 primeiras páginas de jornais impressos, 150 entradas de jornais televisivos e 828 notícias em meios online, além da análise do discurso de uma seleção destas, a fim de aprofundar conhecimentos. Ainda foram realizadas entrevistas qualitativas para perceber a influência dos media a partir de diferentes perspectivas. Os resultados comprovam a influência e responsabilidade dos media sobre a eclosão da crise política e do processo de impeachment

This paper analyses and argues the media performance as political actors around the impeachment of former President Dilma Rousseff, in 2016, in Brazil. Specifically, it is proposed to understand the media influence on the crisis’ outbreak, pro-impeachment movements and public opinion. In this context, besides the literature research, had been done quantitative and qualitative research techniques. A survey had been applied as goal perceive the public opinion and a content analysis, in order to understand the formation of the media agenda, count with 154 magazine covers, 154 printed newspaper covers, 150 television journals and 828 news in online media, beyond a discourse analysis of part of it, in order to deepen knowledge. Still had been done qualitative interviews – in aim to perceive media influence from different perspectives. The results show the media’s influence and responsibility about the political crisis’ outbreak and the impeachment process

Dissertação de Mestrado em Comunicação Social, vertente Comunicação Estratégica

Tipo de Documento Dissertação de mestrado
Idioma Português
Orientador(es) Belim, Célia
Contribuidor(es) Alves, Raissa Jordão
facebook logo  linkedin logo  twitter logo 
mendeley logo

Documentos Relacionados

Não existem documentos relacionados.